Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 24 de agosto de 2016



CONGRESSO JUMP
Juventude em Unidade Multiplicando Poder
Foi realizado na I.B.Laguna no ultimo fim de semana de julho de 2016.
foram dias de muito poder e unção na juventude.




ESTUDO PARA DISCIPULADO: AS VARAS DE JACÓ

AS VARAS DE JACÓ


texto: Gênesis 30:37-43

Atos proféticos direcionados por Deus nos traz crescimento e nos livra dos padrões de enganadores que tentam nos aprisionar tirando o nosso rebanho. O que tem enganado você? 
O que tem feito você ficar preso, perder o rebanho e se esforçar sem resultados? 
Jacó riscou as varas até a parte branca aparecer

# tratar o caráter faz parte do ato profético. Atos proféticos precisam mostrar pureza
Sem tratamento de caráter não há uma multiplicação sadia. 

#colocou as varas nos canos e bebedouros onde o rebanho bebia água. 
O líder precisa mostrar para o rebanho através da palavra qual é sua visão, 
Precisamos mostrar aos discípulos qual é o sonho, qual é a visão. 
Água é palavra, o rebanho tem que beber água e nada melhor que usar a palavra para mostrar o que Deus quer de nós. 

# de acordo que as ovelhas concebiam davam crias. 
Rebanho gera de acordo com o que vê
O pastor mostra ao rebanho o que ela precisa ver.
Se tivermos visões diferentes o rebanho se confunde e não reproduz

#precisamos de um rebanho forte, não multiplique os fracos. 
Só os fortes se multiplicam

A visão do líder precisa ser vista pelo rebanho
Só multiplicamos de acordo com que vemos. 

3 tipos de varas que Jacó colocou: 

O ÁLAMO
Ao escolher uma vara de Álamo, Jacó estava profetizando que seu rebanho seria um rebanho de grande porte assim como a árvore de álamo, e seria também um rebanho belo e vistoso, tantos machos como fêmeas, um rebanho que cresceria como o vento, a lã seria como um algodão, macias e brancas. Seu rebanho teria um crescimento rápido e seria conhecido por todos. As raízes de seu rebanho seria robustas e fortes. Ainda estava profetizando que seu rebanho resistiria a períodos de estiagem, suportando geadas e frio intenso. Pois se você não sabe nos desertos de Israel a temperatura durante o dia pode chegar a mais de 40° graus e durante a noite a temperatura cai a até 3° graus, já imaginou!!
A aveleira
Ao escolher uma vara de aveleira Jacó dá prosseguimento ao ato profético que lhe fora revelado por Deus, pois veja bem. A aveleira é uma pequena árvore porém aparece de forma espontânea, isso me mostra que Jacó estava profetizando que suas fêmeas gerariam espontâneamente, e a carne de seu rebanho seria como o fruto da avelã totalmente saboroso rico em proteínas. Sabemos que tudo na ovelha é aproveitado, sua lã, sua carne, seu couro, seus chifres, seu leite, por isso Jacó sem dúvida era um grande profeta que ao receber de Deus uma revelação sou muito bem realiza-la.

A CASTANHEIRA
Para finalizar ao escolher uma vara de castanheira o sábio Jacó estava profetizando que seu rebanho seria alto e forte, seus reprodutores seriam os melhores da região como o tronco da castanheira, pois outros criadores pagariam muito para que suas fêmeas fossem cobertas pelos machos do rebanho de Jacó, pois como a castanheira outras plantas vivem em função dela. As crias de seu rebanho seriam fortes como a casca do fruto da castanheira, e estes gerariam outras tantas crias. O rebanho de Jacó viveriam muitos e muitos anos.

Jacó teve uma revelação em sonhos 
Gênesis 31:9-13
Deus fala através de visão é sonho
Não funcionaria com outro, só com maço pois ele teve a revelação
A visão é uma revelação
Precisamos crer nos sonhos de Deus para nós
Jato obedeceu porque sabia que era a vontade de Deus para ele
Precisamos acreditar quando Deus nos fala.,
Jacó fez um ato profético de acordo com a visão é sonhos e Deus
Se queremos multiplicar precisamos fazer atos proféticos direcionados, não dá nossa cabeça, mas que vem de Deus para o crescimento e prosperidade. 

As varas eram de árvores de lugares diferentes do mundo. 
Jacó teve que se esforçar para achar essas varas. 
Precisamos nos esforçar para cumprir o sonho de Deus
A visão de Deus nos leva a prosperidade e multiplicação
Não conquistamos de um dia para o outro, precisamos ter um esforço direcionado por Deus através de sonhos e visões. 
Nosso rebanho vai se multiplicar em nome de Jesus. 

Latão enganou Jacó 10 x mas não adiantava, Deus era com Jacó.
Quando Deus é conosco não ficamos no prejuízo.
Quando Deus tem um sonho conosco Ele se incumbe de nos dar a vitória. 

#Jacó sonhou com os olhos para o alto, quando levantava os olhos
Ele não estava dormindo, estava acordado
Se pararmos de olhar para o alto paramos de sonhar e perdemos a visão
Gn 31:10

#Jacó teve uma visão . Não basta sonhar, tem que ter visão é segui-la. Gn 31:12

# quando temos um voto com Deus e erguemos um altar, Ele se torna a nossa justiça e nos faz vencedores, nos livra de Labão. Gn 31:13

#Labao é enganador, quer tirar nosso rebanho e nos confundir, nos prendendo a situações opressoras que nos atrasam no cumprimento da promessa de Desu.

#Labao não solta o rebanho, espírito de Labão nos segura e não aceita crescermos. 
# Labão não quer que sejamos frutíferos e  prósperos. 
#o que tem prendido você? 

Que todo espírito de Labão caia por terra em nome de Jesus. 
Soltando nosso rebanho e nossa prosperidade. 
Vamos crescer e multiplicar, pois recebemos uma visão, recebemos um sonho, o sonho da multiplicação. 

Até dezembro 300 células. 

Ap. Helbert Malaquias

terça-feira, 10 de maio de 2016

CASADOS E FELIZES! LAGUNA CONSOLIDANDO CASAIS E CUIDANDO DE FAMÍLIAS. TODA SEXTA AS 19:45H ATE DIA 10 DE JUNHO/2016





IGREJA DESEJÁVEL

IGREJA DESEJÁVEL

Atos 19: 1-22

Éfeso se tornara uma grande cidade com aproximadamente 500.000 habitantes. pertencia à Ásia menor de então, hoje, cidade com praticamente 100% de muçulmanos, pertencente à Turquia. Devido à sua localização geográfica privilegiada se tornou uma parada obrigatória de todos os navios que iam e vinham desde a África, Egito, Israel, e demais países desta região, até Roma, capital de um vasto império na época. Era centro político, econômico e religioso de sua época. Seus habitantes passaram a ouvir falar de JESUS a partir da segunda viagem missionária de Paulo e passaram a conhecer mais profundamente a respeito do evangelho a partir da terceira viagem missionária de Paulo até ali.
Vemos aqui Deus enviando Paulo a Éfeso, Apollo já tinha passado por lá e estava em Corinto. Um dos significados da palavra “Éfeso” é “desejável”. Deus queria levantar ali uma igreja desejável e percebemos que ela se tornou.
Era uma igreja que não aceitava heresias, falsos apóstolos, que defendia o nome do Senhor, paciente, amorosa, a igreja de Éfeso possuía todos os ministérios de JESUS em operação (E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres - Ef 4.11).
Uma igreja que revestia da armadura de Deus e sabia fazer batalha espiritual, não lutando uns contra os outros, mas contra os poderes do mal, Efésios 6:12. Enfim, uma igreja que crescia em Graça, conhecimento e Amor.
Mas, como isso começou? Qual foi a estratégia de Deus para isso? Deus queria uma igreja desejável, sim, desejável das nações. Vemos como tudo isso aconteceu.
Ø  Atos 19:1-12
“Eram, ao todo, uns doze homens”.
Paulo encontra 12 discípulos que conheciam o batismo de João (arrependimento) mas nunca tinham ouvido falar do batismo no Espírito Santo. Paulo impõe as mãos sobre os 12, não é coincidência, é a estratégia de Deus para se tornar a igreja desejável. É a administração perfeita de Deus,  o governo para a igreja. Deus também mandou Jesus levantar 12 discípulos e eles foram batizados no Espirito Santo (Pentecostes).
A visão dos 12 veio para tornar a igreja desejável em territórios difíceis. Através da igreja Deus muda geografias e territórios dominados pelo poder das trevas.  Os 12 foram ungidos por imposição de mãos, falaram em línguas e profetizaram. Nossos 12 precisam ser batizados no Espirito Santo, falar novas línguas e profetizar.
Se queremos ter uma  igreja desejável precisamos levantar nossos 12 e ungi-los. Jesus pediu para que os 12 ficassem em Jerusalém até que do alto viesse o consolador, a promessa, o Espírito de Deus para habitar em nós  para sempre . Em Mateus 3:11 , João revela que ele batizava nas águas mas Jesus viria para batizar com Espírito Santo e com  fogo. Aqueles 12 já conheciam o batismo de João, agora precisavam do batismo de Jesus. Por isso Jesus mandou os discípulos esperarem pois sem o batismo do Espirito Santo não conseguimos vencer as provas do dia a dia. Os discípulos de Jesus venceram até a morte. O batismo no Espirito Santo nos faz ser testemunhas de Cristo, traz dons e manifestações. O batismo com fogo nos faz sermos capazes de passar pelas provas e não esmorecer. E é disso que precisamos, vencer as provas diárias e não esmorecer. Quem não quer 12 discípulos assim?
A igreja desejável começa com os 12 sendo ungidos e legitimados para a mudança da geografia e vergonha do inimigo. Você já é 12? Já tem seus 12? Torne a igreja desejável, Deus te dará 12 discípulos e o território se tornará desejável.
Ø  Atos 19:8-12
Eles começaram a pregar e ensinar, no meio da multidão haviam aqueles que não creram e falavam mal do caminho. Paulo e os discípulos saíram de perto deles e continuaram a pregar e ensinar por anos a ponto de todos ouvirem a palavra do Senhor.
Que tremendo isso! Eles estavam cheios do Espirito Santo. Assim, eles não se influenciavam pelo que as pessoas incrédulas falavam, eles pregavam para a multidão sedenta.  Não podemos parar de pregar, de ensinar, de liderar células, liderar os  12 por causa daqueles que não creem na palavra ou na visão, sai de perto destes e continue pregando e ensinado pois tem uma multidão para ouvir e se render a Cristo através dos 12. As enfermidades começaram a sair, os demônios expulsos, as pessoas começaram a ver maravilhas, cura, libertação, salvação. Assim será em nosso território através dos 12. Você crê? Então não desista por causa dos incrédulos, continue por causa daqueles que serão libertos, curados e salvos para a Glória de Deus. Nosso território vai experimentar o avivamento legitimo, nossa geografia vai mudar pelo poder de Cristo. Incrédulos tem em todo lugar, pessoas para falar mal tem em todos os lugares, o que importa é se temos 12 ungidos para juntos vencermos em nome de Cristo.
Ø  Atos 19: 13-18
A visão denuncia os enganadores. Em uma casa, em uma reunião, os falsos são denunciados quando os 12 são ungidos. Nas células o diabo não tem vez, a unção dos 12 vence as obras do diabo.
O diabo conhece a Cristo, mas conhece os que são de Cristo também. Muitos tentam usar a unção dos outros, tentam enganar o povo, mas o diabo conhece quem tem unção e propósito, os escolhidos de Deus. Em uma casa, 7 filhos de exorcistas judeus tentam expulsar demônios em nome de Cristo que Paulo prega, não adianta tentar usar a autoridade do outro, precisamos ser autoridade e isso se conquista com intimidade com Deus. A visão veio também para denunciar os falsos.
Aqueles 7 homens foram envergonhados na frente de todos. Cuidado, o diabo quer nos envergonhar, mas onde existe unção, ele é envergonhado.  Na igreja desejável  os falsos são envergonhados e o temor vem sobre o povo.
O povo ficou tão temeroso que entregaram a vida a Cristo e o nome do Senhor era engrandecido por toda a parte. A igreja desejável engrandece o nome do Senhor. Ela é vencedora e em cada casa vemos a vitória daqueles que creem no seu nome. As células se tornam lugar da verdade, da vitória sobre o inimigo, da justiça de Deus.


Ø  Atos 19:19-20
As pessoas começaram a queimar livros de bruxarias e feitiçarias, artes mágicas. O Espírito Santo ia convencendo o povo. Não era por força, mas pelo Espirito de Deus. Essa é a igreja desejável, onde o povo não aceita mais as idolatrias e guiados pelo Espírito queimam tudo o que não agrada a Deus. 
Uma igreja desejável! uma cidade desejável, isso que Deus quer. A visão dos 12, a unção dos 12 faz a igreja se tornar uma igreja desejável.
Porém, essa igreja deixou suas primeiras obras e Cristo envia uma carta a eles através de João em apocalipse:
“Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras; e, se não, venho a ti e moverei do seu lugar o teu candeeiro, caso não te arrependas.” (Ap. 2.5)

“Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem primeiro revelar o seu segredo aos seus servos, .”(Amós3:7)
DEUS sempre agiu desta forma. Sempre que ia fazer alguma coisa Ele avisava antes. Sempre avisou ao homem antes de fazer algo.
Sodoma e Gomorra: DEUS primeiro avisou a Abraão o que fazer para que ele intercedesse por Ló e sua família.
Avisou primeiro a Moisés antes de amaldiçoar o povo para que Moisés intercedesse. Assim enviou essa carta a Éfeso e depois as outras cartas às outras igrejas com a finalidade de advertí-los sobre seus pecados com o objetivo de causar-lhes arrependimento para que o juízo contido nas cartas não fosse aplicado como ai prometido.
Foram enviadas duas cartas a Éfeso: a primeira enviada por Paulo entre 60-64 d.C. (Ef.  1.1-2), e a segunda enviada por CRISTO, através de João, por volta do ano 96 d.C. (Ap. 2.1-7).
Deus avisou a igreja o que acontecerá se não se arrepender. A igreja desejável  precisa se arrepender e voltar ao primeiro amor. O amor daquela igreja tinha se esfriado. Não podemos deixar o amor esfriar, precisamos nos arrepender como igreja e voltar às obras do inicio.
Quando  o amor se esfria a igreja se torna egoísta e valoriza mais o material do que o espiritual. Temos que ter cuidado, o amor precisa continuar, voltemos ao primeiro amor!
Lembra quando você foi ao Encontro com Deus Face a Face? Pois são essas as primeiras obras, Cristo diz a Éfeso que lembrava da igreja que defendia seu nome, da igreja que era incansável, paciente e amorosa, mas agora o amor se foi. É preciso arrependimento para que Cristo não retire ou apague o nosso castiçal no céu. Ap. 2:2-3
O capítulo 2 de apocalipse começa relatando que Cristo é aquele que anda no meio dos  7 castiçais de ouro. Estava escrevendo cartas às 7 igrejas, o castiçal é a igreja desejável , a igreja que Cristo quer levar aos céus.  Temos que nos arrepender e voltar a sermos incansáveis, pacientes, amorosos, sermos ungidos e destemidos na sua obra. Haverá uma multidão nos céus, não podemos correr o risco de Cristo tirar nosso castiçal.
Voltemos ao primeiro amor, voltemos a ser a igreja desejável!
"Que Jesus seja o
desejado de todas as nações!"


“Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao vencedor, dar-lhe-ei que se alimente da árvore da vida que se encontra no paraíso de Deus”. Apocalipse 2:7
Loading...