Pesquisar este blog

segunda-feira, 30 de março de 2009

VENCENDO OS INIMIGOS DO SUCESSO DE UMA IGREJA

Introdução: Todos nós temos consciência de que a igreja tem inimigos... não apenas as pessoas individualmente, mas o grupo. A igreja, enquanto um grupo, tem inimigos.

E não adianta sermos simplórios dizendo: “É claro... tem demônios querendo nos impedir”. Isto é muito simples. Precisamos saber exatamente “o que” ou “quem são”, para os desarmarmos, os imobilizarmos e os vencermos.

I – IDENTIFICANDO OS INIMIGOS.

1) EGOÍSMO: É amor excessivo ao bem próprio, sem consideração aos interesses alheios. Egoísta é aquele que trata exclusivamente de si e dos seus interesses.
- II Timóteo 3:1-9
- Judas 16-19

2) INTRIGA: É comentário malicioso ou de má fé, que ocasiona aborrecimentos, inimizades, mexerico. É também enredo oculto para chegar a certo fim.
- Provérbios 24:8
- Isaías 32:7
- I Timóteo 5:13

3) INVEJA: É desgosto ou pesar pelo bem ou felicidade dos outros. É desejo violento de possuir o bem alheio. É um misto de desgosto e ódio provocado pela prosperidade ou alegria de outra pessoa.
- Salmo 37:1
- Provérbios 3:31
- Provérbios 14:30
- Romanos 1: 28-32
- Gálatas 5: 19-21 e 26

4) MURMURAÇÃO: É maledicência. É falar contra alguém ou algo. É censurar ou repreender em voz baixa.
- Êxodo 16: 11-12
- Salmo 31: 13-14
- Atos 6:1
- Filipenses 2: 14-15

5) DESÂNIMO: é a falta de ânimo, desalento. É abatimento, que leva à depressão.
- Josué 1:1-9
- Neemias 4:6
- Mateus 9: 2 e 22
- II Coríntios 4: 8 e 16

6) ESPÍRITO COMPETITIVO: É pretender uma coisa simultaneamente com outrem.é aquele que compete ou que impele à competição. É o adversário.
- Gênesis 30:1-13

II – PREPARANDO AS ARMAS

1) AMOR: É afeição profunda. Comportamento , atitude, caridade
- Provérbios 10:12
- Mateus 24:12
- João 13:35
- Romanos 13:10
- Gálatas 5:22
- Efésios 3:19
- I João 4:18
- Apocalipse 2:4

2) UNIÃO: É concordância, harmonia. É ato ou efeito de unir-se; ligação. É pacto, aliança. É soma, reunião.
- Salmo 133: 1-3
- II Coríntios 6: 14-18
- João 17: 14-17

3) ALEGRIA: É contentamento, é júbilo. É qualidade ou estado de quem tem prazer de viver, de quem denota jovialidade. É contentamento, é satisfação.
- Deuteronômio 28: 47-48
- Neemias 8:10
- Neemias 12: 27
- Salmo 30:11
- Salmo 100:2
- Provérbios 21:15
- Atos 13:52
- II Coríntios 9:7
- Gálatas 5:22

4) PERDÃO: É remissão de uma falta, ofensa ou dívida.
- Mateus 5: 43-48
- Romanos 12: 14

5) PERSEVERANÇA: É firmeza, constância na fé e nas virtudes.
- Lucas 8:15
- Lucas 21:19
- Romanos 5:3
- Eféios 6:18
- Hebreus 12:1

6) ORAÇÃO/JEJUM: É prece ou súplica dirigida a Deus. Jejum é abstinência parcial ou total de alimentos.
-Mateus 17:21
- Mateus 21:22
- Atos 1:14
- Atos 12: 5-11
- Colossences 4: 2-6

Conclusão: A única maneira da Igreja ser vitoriosa é tendo consciência de que existem inimigos, fora e dentro, espiritual e carnal, nos outros ou em nós mesmos.
Precisamos descobrir quem são, subjugá-los e vencê-los.
As armas são nos dadas por Deus e são fortalecidas pela Palavra de Deus.
Mas existe um grande segredo, que parece ter se perdido com o passar do tempo. É que existe uma íntima relação entre a nossa vida e a vida da igreja enquanto grupo.

Se a igreja vai mal, cada um que faz parte dela também vai mal. Se a igreja vai bem, as pessoas que faz parte dela, também vão bem. Agora, se dentro de um grupo, de uma igreja que está bem, ajustada e equilibrada, tem uma pessoa ou família que não está bem, existem dois caminhos: 1) ou esta pessoa ou família é influenciada pela maioria e fica bem, ou, 2) ela ou eles não permanecem. Temos dois exemplos para isto: Salmo 1: 5 e Atos 5: 1-5.

Portanto, é responsabilidade de cada um, avaliar, sondar e identificar onde pode estar cada um dos inimigos do sucesso de nossa igreja, usar as armas que Deus nos tem dado, para vencermos e nos tornarmos verdadeiramente UMA IGREJA DE SUCESSO.


Nenhum comentário:

Postar um comentário